Victor Wagner Brazilian Handsome

Hoje a gente vai lembrar aqui de um ator que foi um dos principais símbolos sexuais dos gays brasileiros nos anos 90: o Victor Wagner.

Já fiz um post sobre ele uma vez. Mas como ele tá fazendo aniversário esse mês e deu uma entrevista no ano passado que provavelmente vai interessar a muitos aqui, acho que vale a pena fazer uma reedição. 
Ele nasceu no Rio Grande do Sul, em 30 de Junho de 1959. O Victor era o mais velho de 3 irmãos. E a família dele era muito pobre. O pai, que tinha problemas alcoólicos, foi embora de casa quando ele tinha 5 anos e perdeu contato quase completamente com a família a partir dali. Depois de passar por algumas necessidades, a mãe do Victor se casou de novo, tendo mais 1 filho.

Apesar de gostar do padrasto, o Victor teve certas dificuldades de convivência com ele, por ver ele como alguém que tava tomando o lugar do pai ou alguma coisa assim. Mas hoje ele acha que, se fosse um pouquinho mais velho quando a mãe se casou de novo, teria sido diferente.

No início da adolescência, ele já começou a pensar em ser ator. Mas, devido às condições financeiras da família, todos viam isso mais como um sonho dele. Mesmo assim, ele decidiu que faria todo o possível pra conseguir…

Quando o Victor tinha 17 anos, o pai tentou uma reaproximação, mas aí já não dava mais, né? Ele morreria alguns anos depois disso, sem nunca ter tido uma boa relação com os filhos.

Bom, até os 20 anos, o Victor nunca tinha transado com mulher nenhuma. A 1ª vez foi numa reconciliação com uma namorada depois de uma briga. E ele não tem problema em fazer uma revelação meio bombástica: ele broxou no meio da relação! A penetração começou direitinho, mas não chegou a completar. A namorada não se incomodou nem um pouco com isso e, alguns dias depois, eles se encontraram e teve a 2ª vez dele com uma mulher, que ele considera uma das melhores vezes da vida dele.

Pensando em conseguir uma vida melhor, o Victor se mudou pra São Paulo, onde fez um curso técnico de fisioterapia. Tentando se enturmar no teatro, ele fez algumas peças infantis no início dos anos 90. E em 1991, ele conseguiu fazer uma ponta no filme francês L’Opération Corned-Beef, dirigido pelo Jean-Marie Poiré.

Em 1992, o Victor conheceu o diretor teatral Djalma Monte Batista, que convidou ele pra fazer um personagem na peça Calígula. Em 1994, o Victor teve uma filha, chamada Bárbara, com uma namorada. 

Logo depois, quando o Djalma começou a gravar Bocage-O Triunfo do Amor, ele convidou o Victor pra participar do filme, que só seria lançado mesmo em 1997.

Antes disso, o 1º trabalho de destaque dele foi em 1995, na novela Tocaia Grande, da extinta Rede Manchete (ele foi descoberto pelos produtores da novela no set de filmagem de Bocage).

O Victor admite que o personagem, que era cego, foi bem difícil de fazer prum ator iniciante na televisão.

Como a Manchete ficava aqui no Rio, ele teve que se mudar pra cá. Aliás, ele ficaria nessa emissora até a falência dela, em 1998. E sempre emendando uma novela na outra.

Com o fim de Tocaia Grande, o Victor entrou na novela seguinte, Xica da Silva, interpretando o contratador de diamantes João Fernandes de Oliveira (até hoje, o personagem principal da carreira dele).

Ele apareceu nu algumas vezes nessas 2 novelas. Mas nunca com nudez frontal. De qualquer forma, a bunda dele foi uma das bundas masculinas mais famosas da televisão brasileira no final dos anos 90. Mas as cenas de nudez dessas novelas eram assumidamente usadas só pra chamar a atenção do público e ganhar audiência. A própria direção das novelas assumia isso.

O Victor conta que não tinha vergonha de ficar pelado na frente da equipe da novela. Mas morria de vergonha quando percebia que 2 ou 3 pessoas da equipe que tinham visto ele pelado ficavam cochichando alguma coisa entre elas depois.

Ele acha que, talvez por isso, ele nunca tenha ficado excitado de verdade em nenhuma dessas cenas, por mais provocantes que fossem.

Naquela época, é claro, o Victor recebeu propostas da G Magazine pra posar nu. Mas ele decidiu não aceitar… Naquela época, revista de homem pelado ainda era uma coisa muito recente no Brasil. Esse assunto tava no comecinho por aqui. Pouquíssimos, realmente, aceitariam.

Com o fim de Xica da Silva, que saiu de cena sob aplausos, em 1997, o Victor protagonizou a novela seguinte: Mandacaru. Mas essa novela, apesar de não ter se saído tão mal, não repetiu o sucesso de Xica da Silva.

Em 1998, nos seus últimos suspiros, a Manchete lançou a novela Brida, como sucessora de Mandacaru, e da qual o Victor também participou. Só que a emissora nem tinha mais condições de manter outra novela. E Brida foi tirada do ar de um dia pro outro sem nem terminar de ser gravada!

Pouco depois, a Manchete faliu e saiu do ar pra sempre. Depois disso, ele fez trabalhos no SBT, Globo, Bandeirantes e Record. 
O mais famoso provavelmente foi Cristal (2006), remake da novela mexicana El Privilegio de Amar (1998), no qual ele interpretou o personagem Ângelo de Jesus.

No original mexicano, o personagem, chamado Juan de la Cruz, foi interpretado pelo ator cubano César Evora. Além desses trabalhos de mais destaque ele fez vários outros na televisão e no cinema. Ao todo, foram 36, até hoje. Ainda em Março de 1999, quando tava pra fazer 40 anos, o Victor posou nu pra G Magazine pela 1ª vez.

 

A mãe dele achou meio estranho, mas também não se colocou contra. Ele admite que ficou bastante constrangido em fazer essas fotos. Mas, na época, tava precisando do retorno financeiro que ganharia ali. E em Setembro de 2005, quando a G Magazine tava fazendo 8 anos, o Victor posou nu de novo, nessa edição de aniversário. Dessa vez, já com alguns cabelos brancos, mas com o corpo de 1, 78 m impressionantemente ainda tão em forma quanto antes!

E dessa vez, ele diz que ficou bem mais à vontade e fez as fotos mais porque quis mesmo.

O Victor assume que, numa certa época da vida, ele era super vaidoso, malhava sem parar, se achava lindíssimo e tal. Mas depois dos 40 ele passou a se achar apenas bonito e fazer exercícios só o suficiente pra manter a forma. De qualquer jeito, se no futuro precisar de uma plástica ou alguma coisa assim, ele admite que vai fazer. Bom, em Janeiro de 2011, pouco antes de completar 52 anos, ele tirou umas fotos dele mesmo de cueca e outras pelado. E postou na Internet. Tão aí algumas:

Então, acho que o lado vaidoso dele não tá tão apagado, não. rs

Em Dezembro do mesmo ano, depois de ter negado isso por anos, o Victor finalmente declarou numa entrevista que é bissexual. Mas diz que tem preferência por mulheres e que as relações que teve com homens foram poucas e foram mais ‘coisas de momento’. Bom, seja como for, acho que isso deve despertar o interesse de muitos que tão lendo esse texto, né?rs

Hoy hablaremos un poquito de un actor que fue uno de los principales símbolos sexuales de los gays brasileños en los años 90: Victor Wagner.
Ya hablé de él en otra ocasión. Pero este nuevo post suyo está aquí porque estamos en el mes de sus cumpleaños y porque él dijo en una entrevista en 2011 que es bisexual.
Victor nació en Río Grande del Sur, el 30 de Junio de 1959.
Era el mayor de 3 hermanos en una familia de poco dinero.
Su padre, que tenía problemas con alcohol, abandonó su casa cuando él tenía 5 años de edad y perdió el contacto con la familia casi completamente después de eso.
Su madre se casó otra vez y tuvo más 1 hijo.
Aunque amase al padrastro, Victor tuvo algunas dificultades para vivir con él en la misma casa, porque lo veía como alguien que estaba tomando el lugar de su padre o algo así. Pero cree que pensaba eso por cuenta de la edad que tenía en la época.
En su adolescencia, empezó a pensar en ser un actor. Sin embargo, debido a las condiciones financieras de su familia, esta lo veía más como un sueño suyo. Aun así, él decidió que iba a hacer todo lo posible para lograr a hacerlo…
Cuando Victor tenía 17 años, su padre intentó un acercamiento, pero no fue adelante y se murió pocos años después de eso, sin nunca haber tenido una buena relación con sus hijos.
Bueno, Victor reveló hace pocos meses que había tenido relaciones homosexuales en su adolescencia. Pero su primera vez con una mujer fue cuando tenía 20 años. Y revela sin problemas que perdió su erección durante el coito.
Su novia ní siquiera se molestó con eso. Y cuando se encontraron otra vez unos días después, él tuvo su segundo coito heterosexual, que dice que fue uno de los mejores de su vida.
Pensando en conseguir una vida mejor, Victor se fue a vivir en São Paulo, donde estudió en un curso de fisioterapia.
Mientras que empezaba a conocer gente del mundo teatral, él actuó en algunos shows para niños en los años 90. Y en 1991, logró a actuar como un personaje simple de la cinta francesa L’Opération Corned-Beef, de Jean-Marie Poiré. Y así empezó su carrera.
Nel 1992, Victor ha incontrato il regista teatrale Djalma Monte Batista, che l’ha invitato ad esibirsi nello spettacolo teatrale Calígula.

Nel 1994, Victor ha avuto con una ragazza sua una figlia di nome Bárbara.

Dopo questo, lui ha avuto una parte nel film Bocage-O Triunfo do Amor, di Djalma, che sarebbe messo in circolazione soltanto nel 1997.

Prima di questo, Victor è stato nella sua prima telenovela: Tocaia Grande (1995). I produttori della telenovela l’hanno scoperto sul set di Bocage.

Victor ammette che questo lavoro era molto difficile da fare per un attore principiante in TV (il suo personaggio era cieco).

La telenovela era una produzione della Rede Manchete, che rimaneva a Rio de Janeiro. Così, lui si è trasferito da São Paulo a Rio.

Dopo Tocaia Grande, lui ha avuto la parte di João Fernandes de Oliveira nella telenovela Xica da Silva (1996)… Questo è stato senza dubbio il personaggio principale della sua carriera.

L’abbiamo visto nudo in queste 2 telenovele… Chiaramente, non abbiamo visto il suo cazzo allora, però il suo culo è stato uno dei più famosi culi maschili brasiliani in TV negli anni 90.rs

Ma la nudità in queste telenovele era apertamente utilizzata solo per chiamare l’attenzione del pubblico. In realtà, il direttore l’ammetteva senza problemi.

Victor dice che non si vergognava di esser nudo davanti ai suoi colleghi. Ma si vergognava quando sapeva che qualcuno aveva raccontato dei pettegolezzi sul suo pene dopo averlo visto.

Lui dice che non è mai stato sessualmente eccitato in nessuna di queste scene. Forse dovuto ai pettegolezzi, vero?

La rivista G Magazine l’ha invitato allora per posare nudo, ma lui non l’ha accettato… A quel tempo, le riviste di uomini nudi erano ancora qualcosa di molto nuovo in Brasile, così, quasi nessuno l’accetterebbe allora. Ma lui l’ha accettato nel 1999, come potete vedere sopra.

Dopo Xica da Silva, Victor ha avuto la parte dell’eroe principale della telenovela Mandacaru (1997).

Victor portrayed one of the characters of Brida (1998), the last telenovela of Rede Machete network. But the house went bankrupt a little later and Brida was suddenly removed from TV without even being finished!

After that, he was in several series and TV shows of many Brazilian networks, like SBT, Globo, Bandeirantes and Record.

Victor’s most famous character in these shows was presumably Ângelo de Jesus, one of the heroes of Cristal (2006).

This telenovela was a remake of the Mexican telenovela El Privilegio de Amar (1998). The character was then named Juan de la Cruz and was portrayed by Cuban actor César Evora (you can click on the link above to see a post about him).

Well, Victor has been a cinema and TV actor for 36 times to now.

In 1999 he posed naked for G Magazine for the 1st time, when he was 39 years old.

Victor’s mother was a little worried about that, but she wasn’t exactly against he do it.

He admits he was very embarrassed when he did it. But at that time he was in need of that financial return.

In 2005, Victor was there again (then it was the 8th anniversary edition of the magazine). He had already some white hair then. But his 178-cm-tall body was still in a hot shape!

This time, he says he felt much more comfortable and was photographed more because he wanted it.

Victor admits that at some point of his life he was super vain, exercised without stopping, saw himself as the most handsome guy in the World… But he started changing while was getting older. Anyway, he admits he will have a plastic surgery or something like that if he needs it in the future.

Well, in January 2011, shortly before his 52nd birthday, he took some pictures of himself in underwear and naked and posted them at Internet.

So, I think Victor’s vain side hasn’t been so finished, has it?rs

In December of that year he declared himself bisexual in an interview. But he says he has a preference for women and the sexual contacts he had with men were few and were more “things of a specific moment”.

Well, anyway, I think many who are reading this text are interested, right?

Até! – Reblogado (roubado) rsrs do

 

2 comentários sobre “Victor Wagner Brazilian Handsome

Deixe uma resposta