Jonathan West

Um bombeiro de Nova York está causando a maior polêmica nos Estados Unidos depois que o “New York Daily News” publicou reportagem mostrando que ele participou de pelo menos 10 filmes pornô gays.
Estamos falando de Jonathan Jesensky, de 33 anos, que atuava diante das câmeras sob o pseudônimo de Jonathan West. O grande bafo é que, na semana passada, o americano começou a carreira de bombeiro.
“O Departamento Jurídico está ciente do histórico dele”, disse Jim Long, porta-voz do Corpo de Bombeiros de Nova York (FDNY). 
Nas redes sociais, a contratação de Jonathan repercutiu de forma impressionante, com pessoas questionando se a antiga atividade do bombeiro novato vai atrapalhar o desempenho da função pública. Sabe-se que as forças uniformizadas de Nova York não costumam contratar pessoas com passado criminoso. Mas não há qualquer restrição a ex-profissionais da indústria do entretenimento adulto, desde que eles não tenham tido problemas com a lei. Segundo o “NY Daily News”, outros bombeiros disseram não se importar com o passado de Jonathan. 

Deixe uma resposta